Iniciando os Trabalhos 2015

Olá meu povo,

Depois de muito tempo afastado e descansando estamos de volta!

Texto para reflexão:

“Educar é um trabalho que requer a união…”

 

Quando chegam à escola, no primeiro dia de aula, todas as crianças trazem no semblante o desejo de conhecer o novo, de explorar as possibilidades e potenciais.

A tendência do aluno é sempre gostar do professor. Trata-se de uma experiência diferente e o que é diferente, encanta, seduz.

Compete ao educador manter essa chama acesa para que o sonho não esmoreça. Paulo Freire costuma dizer que o mais nobre papel do professor é de gerenciar sonhos. E completava:

“Professor é aquele que gosta de viver”

Gostar de viver é essencial para quem tem esse nobre senhor de educar.

Professores, diretores, funcionários, pais e mães…

Educadores por excelência. Personagens que devem atuar juntos num palco onde convivem artistas extremamente talentosos:

Alunos e alunas que produzem, ensaiam e interpretam uma parte importante do texto de suas vidas. A união e o respeito entre esses atores é o que propicia um bom andamento mágico desse espetáculo do aprendizado.

Nosso desejo é que, nesse primeiro dia de aula, os professores sejam receptivos aos alunos que chegam com a energia peculiar dos que têm sede de conquistas, sonhos, ideais. É preciso que os professores, por sua vez, preservem a atenção e o entusiasmo. É preciso que se interessem por conhecer o nome e a história de cada aprendiz. Da mesma forma, é necessário que os pais não deleguem unicamente à escola a missão de educar, porque, por melhor que seja nunca vai suprir a carência deixada por uma família ausente. Educar é um trabalho que requer união entre a escola, à família e a comunidade.

Acreditamos que a educação é composta por gestos e ações simples. Atitudes que ajudam a escola a ser mais participativa e envolvente. Basta lembrarmos os exemplos do passado. Todos vivenciaram experiências novas e maravilhosas com os professores que tivemos ao longo da vida. E o exemplo contribui para que não precisemos repetir os erros daqueles que não tiveram a coragem de ser afetivos e imitar carinhosamente aqueles que nos tocam a alma.

Por tudo isso, a todos aqueles que se dedicam ao instigante espetáculo da educação: uma excelente aula… Hoje e em todos os dias desse ano, que simboliza, nos dizeres do poeta, mais um “milagre de renovação”.

bemvindos

                                                                                                                                                      Prof. Mário César Castro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s